Páginas

15 fevereiro 2012

Expedição Chapada – A chegada e a diversão




Fotos: Flores do Sempre Viva, Vinicius - Centro Mucugê e Garimpo Sempre Viva, Joana

Rodamos de São Paulo a Mucugê e daí pra cima, as conexões foram outras, os olhos passaram a captar horizontes muito diferentes dos que nos costuma oferecer a cidade grande. É preciso respirar muito para trocar os ares do pulmão.

Diante o serro rochoso da Diamantina, a natureza revela de quais grandes falhas a natureza evoluiu e milhares de questões sobre a evolução das espécies na terra parecem aflorar. A vida do homem em cidades de pedras e barro desafia a lógica do concreto e o modo simples do povo conforta das pedras no chão. A existência acalorada busca no inverno das serras o frio de acima de mil metros de altitude em relação ao nível do mar.

A chegada por Mucugê é ideal para quem entende que chegar devagar em um território é se permitir receber e trocar muito, escutar, procurar a história do garimpo no Brasil, sua relação com dezenas de povos do mundo e a vida nas pedras. Para quem viaja, o turismo está bem servido com guias, pousadas, restaurantes e espaços culturais.

O projeto Sempre Viva, no caminho de Lençois e Palmeiras, foi o que escolhemos para conhecer, na ilustre companhia de Guta, Gabriel e Miguel, em férias na Bahia. No Poço Azul, flutuamos sobre as águas cristalinas que conservaram os ossos de uma preguiça gigante, que presa no fundo de uma caverna, por ali ficara para se preservar.

Hospedados na Pé de Serra, que aproveita os contornos das pedras em sua arquitetura, a sensação de habitar as casas de antes, com as tecnologias de hoje nos fazem viajar longe sobre a evolução de costumes e a valoração de determinados consumos.
Dali, seguimos em família para o Vale do Capão, pela estrada que passa pelo povoado da Guiné, que tem em suas beiradas as escarpas do Espinhaço e a mata da caatinga. As visitas ficaram, e partimos para nossos focos, nossos campos. Morro do Chapéu e Mirorós, Chapada Norte e Chapada Velha.


Exibir mapa ampliado

2 comentários:

  1. Ahhhh, como é bom viajar com vcs.
    Bjs
    Yara

    ResponderExcluir
  2. Consegui voltar no tempo...Boa caminhada. beijos. mãe

    ResponderExcluir